I18n-FAQ

Bem-vindo ao nosso FAQ de tradução!

Listamos abaixo as principais dúvidas sobre essa atividade.

  1. Como colaborar com o projeto?
  2. Quais os tipos de arquivos que existem para traduzir?
  3. Como se inscrever na lista de discussões?
  4. Qual a URL oficial dos projetos de tradução do KDE?
  5. Qual a URL oficial do projeto brasileiro de tradução do KDE?
  6. Quais são as documentações internacionais oficiais do KDE?
  7. Quais são os termos técnicos mais comuns nesse projeto de tradução do KDE?
  8. Qual o ciclo de desenvolvimento do KDE?
  9. Onde baixar os pacotes para traduzir se não tenho acesso ao Subversion?
  10. Encontrei um erro de ortografia em inglês, como devo reportar isso?
  11. Por que traduzir o KDE stable se já teremos um KDE novo em breve?

Como colaborar com o projeto?

Para colaborar você deve:

Quais os tipos de arquivos que existem para traduzir?

Existem dois tipos:

  • Interface (GUI) - são as mensagens que aparecem na interface gráfica (Graphic User Interface), na tela, nos botões, em todo lugar que o aplicativo interage com o usuário.
  • Ajuda (help) - são as mensagens que aparecem na opção de ajuda (Help), é uma documentação mais completa e detalhada que a GUI.

Como se inscrever na lista de discussões?

Envie um e-mail para o endereço kde-i18n-pt_br-request@kde.org, escrevendo no assunto somente a palavra "subscribe". Não coloque nada no corpo do e-mail.

Qual a URL oficial dos projetos de tradução do KDE?

A URL é http://i18n.kde.org/ ou http://l10n.kde.org/.

Qual a URL oficial do projeto brasileiro de tradução do KDE?

A URL é http://br.kde.org/i18n.

Quais são as documentações internacionais oficiais do KDE?

São elas:

- The KDE Translation HOWTO
- Documentation Writing
- Localisation Guide

Quais são os termos técnicos mais comuns nesse projeto de tradução do KDE?

São eles:

subversion ou SVN - o Subversion é um sistema centralizado de compartilhamento de informação. Em seu núcleo está um repositório, que é uma central de armazenamento de dados. O repositório armazena informação em forma de uma árvore de arquivos - uma hierarquia típica de arquivos e diretórios.

 


 

O trabalho do SVN é guardar todo o código em um ou mais servidores, e possibilitar que as pessoas tenham acesso livre a este código, para ver, tocar, mudar, etc. Todo mundo tem acesso livre "de leitura" do código fonte (e dos arquivos de tradução, que fazem parte do código e sobre os quais trabalhamos). Mas nem todos tem o acesso no sentido contrário, ou seja, nem todos podem colocar no repositório novos arquivos, traduções, etc. Algumas pessoas do nosso time tem este acesso, e ele é conquistado trabalhando no projeto.
Ele possui diversos comandos, mas basicamente podemos classificá-los em:

- Atualizando os seus arquivos:
 
* svn update

- Fazendo mudanças:       

* svn add    
* svn delete    
* svn copy    
* svn move    
 
- Verificando suas alterações:     

* svn status    
* svn diff
 
- Desfazendo algumas alterações:              

* svn revert
 
- Resolvendo conflitos ( juntando com outras alterações ):        

* svn update   
* svn resolved

- Efetivando/enviando (ou "commitando") suas alterações:

* svn commit

Para saber mais sobre o assunto, consulte a versão em português brasileiro de Version Control With Subversion, o livro oficial do Subversion.

stable - é o diretório criado para armazenar a linha estável da última versão do KDE. É nele que os desenvolvedores praticamente não mexem mais, deixando apenas para pequenas correções de falhas. O desenvolvimento da próxima versão do KDE não é feito nesse diretório, ele é feito no trunk.

trunk - é o diretório criado para armazenar a linha principal de desenvolvimento do KDE. É nele que os desenvolvedores colocam as últimas modificações que farão parte da próxima versão do KDE.

 

Qual o ciclo de desenvolvimento do KDE?

O desenvolvimento de projetos deste porte tem um ciclo que é seguido por vários projetos de software livre e proprietário.

A cada dia o software evolui mais e mais, até que chega o dia de seu lançamento. No entanto, todos sabemos que softwares sofrem mudanças. Com base nesta premissa, podemos pensar: quem sabe transformamos nossa "linha" de desenvolvimento em duas: uma para continuar evoluindo e outra apenas para correções pequenas, em que nada fundamentalmente novo pode ser feito, apenas correções são aceitas.

O processo de pegar a linha de desenvolvimento e "quebrá-la" ou "ramificá-la" é chamado de branch (do inglês ramo). Assim, quando é feito um branch, estamos criando uma segunda linha de desenvolvimento, na qual apenas falhas podem ser corrigidas, ou pequenas coisas. Na linha principal, chamada de "tronco" (daí a expressão trunk) continua o desenvolvimento normal, aquele que produzirá o software de amanhã.

Observe a figura a representação dos ramos/branchs:

 

 

Para o KDE vale tudo isto: atualmente, está se desenvolvendo a versão 5.3.1 do Plasma KDE. Então o trunk contém o desenvolvimento da versão 5.3.1. A última versão estável (stable) gerada foi a 5.3. Esta 5.3 recebeu tantos consertos que gerou a versão 5.3.1, mais atual.

Quando traduzimos, podemos escolher: vamos traduzir para o KDE 5.3 ? Então traduzimos pacotes do stable. Vamos traduzir para a versão futura? Então pegamos pacotes do trunk.

Deve-se notar, que por causa disso, as mensagens do stable quase não mudam: numa versão stable, são congeladas as mensagens de tradução. No trunk estará liberada a colocação de mensagens até alguns dias antes da liberação do 5.4. Ou seja, se conseguirmos que o trunk fique próximo de 100%, é muito provável que toda a séria 5.4.x tenha tradução completa em português do Brasil.

O que vai acontecer no futuro no SVN do KDE: Será feita uma nova ramificação no trunk do KDE, gerando o "branch" 5.4. Neste branch, somente correções de bugs serão aceitas, e as mensagens estarão congeladas, sendo aceitas somente traduções. O trunk vai passar a conter código que irá construir o KDE 5.5, e assim por diante.

 

Onde baixar os pacotes para traduzir se não tenho acesso ao Subversion?

 

Lista de pacotes stable do KF5:

Estatísticas - GUI
Estatísticas - DOC

Download - GUI
Download - DOC

Lista de pacotes trunk do KF5:

Estatísticas - GUI
Estatísticas - DOC

Download - GUI
Download - DOC

 

Encontrei um erro de ortografia em inglês, como devo reportar isso?

Se por exemplo você estivesse traduzindo o arquivo kuser.po e se deparasse com esses valores:

msgid "toolss"

msgstr ""

ao invés desses:

msgid "tools"

msgstr "

Como proceder nesse caso?

A melhor saída é achar o e-mail do autor e avisá-lo da linha da mensagem com erro.

Se não encontrar o e-mail ou o autor demorar para responder, mande o mesmo e-mail para a lista que nós resolveremos.

 

Por que traduzir o KDE stable se já teremos um KDE novo em breve?

Por dois motivos:

1 - Muitos usuários querem usar o KDE estável em português do Brasil.
2 - Porque a maior parte das mensagens que está no stable também está no trunk.

Lembre-se que o stable é uma ramificação do trunk, ou seja, no dia que a ramificação foi feita eles eram iguais. Claro, o trunk evolui, o branch stable parou, então eles vão se tornando diferentes, mas muita coisa é igual. Além disso o Lokalize permite que as traduções feitas em um ramo possam ser repassados para outro, desde que as mensagens sejam iguais.

Como acompanhar as atualizações feitas no repositório do KDE?