NOV
19
2017

Anunciada a Season of KDE 2018

O KDE Student Programs tem o prazer de anunciar a 2018 Season of KDE para todas as pessoas que queiram participar na mentoria de projetos que melhorem a KDE de alguma maneira.

Todo ano, desde 2013, o KDE Student Programs realiza a Season of KDE como um programa similar, mas não exatamente igual, ao Google Summer of Code, oferecendo uma oportunidade para qualquer um (e não somente estudantes) participar em projetos que beneficiem o ecossisstema da KDE, tanto na produção de código quanto em outras áreas. Nos últimos anos, participantes da SoK contribuiram não somente com novos recursos de aplicações, mas também desenvolvendo o KDE Continuous Integration System, relatórios de estatísticas para desenvolvedores, um framework web, portagem de aplicações KDE, produção de documentação e muitos outros tipos de trabalho.

Para a SoK deste ano nós estamos agitando um pouco as coisas e efetuando uma série de mudanças na programação.

Cronograma

A 2018 Season of KDE terá opções de cronogramas mais flexíveis para os participantes. Agora as pessoas terão a oportunidade de escolher entre um projeto de curta duração, com um período de trabalho de 40 dias, ou o projeto usual, com um período de 80 dias.

O cronograma atual é:

1º a 26 de dezembro de 2017: Período de inscrição de participantes e mentores
30 de dezembro de 2017: Anúncio dos projetos
1º de janeiro de 2018, 00:00 UTC: Início oficial do período de trabalho da SoK
9 de fevereiro de 2018, 23:59 UTC: Fim do período de trabalho dos projetos de 40 dias
21 de março de 2018, 23:59 UTC: Fim do período de trabalho dos projetos de 80 dias
25 de março de 2018: Anúncio dos resultados
31 de março de 2018: Emissão e envio dos certificados
Início do terceiro trimestre de 2018: Envio de material promocional pelo correio

Equipes

Pela primeira vez estamos aceitando inscrições de equipes de até duas pessoas participando em um mesmo projeto. Equipes só podem participar de projetos completos, de 80 dias. Os projetos curtos, de 40 dias, estão abertos somente a participações individuais.

Projetos inter-organizacionais

Você quer ver software KDE funcionando bem em outros sistemas operacionais? Quer aplicações KDE integrando-se melhor com outros ambientes desktop? Que tal ver outros tipos de aplicações integrando-se melhor com KDE?

Na 2018 Season of KDE, estamos particularmente interessados em trabalhos que possam ajudar a integrar KDE com outros projetos de software livre. Damos as boas-vindas a mentores de outros projetos que gostariam de ajudar nossos participantes em seus esforços, bem como encorajar inscrições de participantes que gostariam de trabalhar em projetos desse tipo. Os participantes deverão ter um conhecimento razoável tanto de KDE quanto dos projetos da organização parceira, bem como algum tipo de contato com a essa organização, que possa oferecer suporte ao longo da duração do projeto.

Caso você faça parte de outro projeto FOSS, tenha uma ideia de algo passível de ser executável por participantes da SoK e gostaria de participar como mentor dessas pessoas, por favor entre em contato diretamente conosco.

O Grande Prêmio

A 2018 Season of KDE aceitará, no máximo, 6 projetos. Nós classificaremos cada projeto baseado em um critério objetivo e, após a execução dos projetos, aquele com o maior escore vencerá o SoK desse ano.

Os participantes do projeto vencedor terão uma chance de participar da Akademy 2018, a conferência mundial anual da KDE, que acontecerá em Viena, de 11 a 17 de agosto de 2018. Todas as despesas de viagem e hospedagem serão pagas pela KDE. Na Akademy você terá a oportunidade de encontrar pessoas que garantem a existência da KDE, de todas as partes do mundo, poderá apresentar seu projeto a elas, juntar-se a algumas das mentes mais brilhantes do mundo do software livre e aproveitar um dos centros históricos europeus de música e cultura.

Dando a partida

Aconselhamos os participantes em potencial a entrarem em contato conosco mesmo antes do início do período de inscrições, para a discussão de possíveis projetos. Você pode nos contactar pelo canal #kde-soc no IRC, pela nossa lista de discussões ou diretamente com o(a) mantenedor(a) (ou a equipe) da aplicação com a qual você deseja trabalhar.

Caso esteja procurando por ideias de projetos, você pode encontrar algumas em nossa página de ideias do Google Summer of Code 2018. Solicitamos aos mentores em potencial que adicionem mais ideias nesta página. Assim teremos um repositório central de ideias de projetos que possam ser usadas tanto para o 2018 Season of KDE quanto para o GSoC 2018.

Participantes e mentores podem se inscrever aqui assim que as inscrições estiverem abertas.

 

APR
20
2017

Uma semana para o LaKademy!

Estamos a uma semana da edição 2017 do LaKademy, que vai acontecer do dia 28 de abril ao dia 1º de maio. E já está praticamente tudo pronto para esse nosso importante evento, que tem um destaque especial esse ano: estamos em nossa 5ª edição!

Pra quem ainda não conhece, o LaKademyLatin America KDE Summit ‒ é um encontro de usuários e colaboradores latino-americanos da comunidade KDE, que acontece desde 2012. O principal objetivo desse evento é a promoção de encontros presenciais da comunidade latino-americana do KDE, criando um espaço onde possa ocorrer:

  • troca de ideias sobre projetos e iniciativas entre os membros da KDE;
  • sessões de hacking, nas quais os colaboradores colocam a mão na massa;
  • planejamento de futuras ações da comunidade KDE na América Latina e no mundo;
  • apresentação do projeto para novos e potenciais colaboradores.

E a edição desse ano ocorrerá entre as montanhas de Minas Gerais, na cidade de Belo Horizonte. Utilizaremos as dependências do Campus I do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET-MG, situado à Av. Amazonas, 5.253, bairro Nova Suiça.

O evento é grauito e aberto ao público e todas as pessoas que tenham interesse em colaborar com projetos da comunidade KDE são muito bem vindas! Entretanto, como o evento ocorrerá em um fim-de-semana, por medida de segurança da instituição, é necessário efetuar uma inscrição, indicando o documento de identidade. A inscrição pode ser efetuada através deste formulário e deve ser realizada até as 22:00h da próxima quarta-feira, dia 26 de abril.

Venha participar da LaKademy e tenha a oportunidade de colaborar com uma das maiores comunidades de softare livre do mundo! Estamos esperando vocês!

JUN
3
2014

Arrecadação para os sprints do Randa Meetings 2014

Traduzimos abaixo a página da campanha de arrecadação para o Randa Meeting 2014. Esse evento reunirá desenvolvedores do KDE de todas as partes do mundo de 9 à 15 de agosto, em um esforço conjunto em diversos projetos-chave da comunidade.

Leia mais abaixo e se você é usuário, desenvolvedor, ou simpatizante do KDE ou das comunidades e ideias do software livre em geral, e tem como contribuir, visite a página e faça sua doação!


Participantes do Randa Meeting 2012

Pelo quinto ano os intensos sprints em Randa, Suíça, incluirão projetos importantes do KDE e alguns de seus desenvolvedores, todos trabalhando lado-a-lado sob um mesmo teto, isolados de barulhos e distrações.

Em anos anteriores os Randa Meetings proporcionaram um ambiente de alta concentração e produtividade, gerando resultados excepcionais. Organizadores e participantes esperam o mesmo para esse ano. Os encontros anteriores produziram importantes resultados para usuários e desenvolvedores do KDE, por exemplo:

Participantes doam seu tempo e ajudam a melhorar o software que você ama - é por isso que precisamos de dinheiro para cobrir gastos com alojamentos e viagens dos voluntários para Randa. Se você não irá participar, você ainda pode ajudar o Randa Meeting fazendo uma doação. Como nas edições anteriores, os resultados do Randa Meeting beneficiarão todos aqueles que usam os softwares do KDE.

Nós temos o objetivo de conseguir €20000 (euros) em doações. Por favor, doe o que você considerar possível para fazer o Randa Meetings 2014 acontecer. Esta campanha de financiamento terminará em 9 de julho - exatamente um mês antes do início do Randa Meetings 2014.

Alguns projetos que serão trabalhados no Randa Meetings 2014:

Links:

Leia mais e comente sobre Randa Meetings e a campanha de arrecadação no KDE.News.

Os custos do Randa Meetings 2014 são compostos pelos seguintes itens:

  • Custos de viagens internacionais: EUR 10'000
  • Passagens de trem na Suíça: EUR 3'000
  • Locação da casa para os sprints: EUR 4'000
  • Demais despesas: EUR 2'000
  • Outros: EUR 1'000

Mesmo se não atingirmos o objetivo, o dinheiro recebido será investido no Randa Meetings (talvez com menos participantes) ou em outras propostas do KDE (como outros sprints).

Se você preferir fazer transferências internacionais, por favor veja essa página.
Por favor, escreva um email para nós para que possamos adicionar seu nome na lista de doadores!

Página da campanha de arrecadação para o Randa Meeting 2014.

JAN
6
2014

Qt5 Cadaques - livro na web sobre Qt5

Qt é a base de boa parte do KDE, e nada melhor do que aprender um pouco desse framework para contribuir com código para os softwares que você tanto gosta.

Foi lançado em dezembro o Qt5 Cadaques, um livro em inglês disponibilizado na web que cobre diversos tópicos dessa nova versão do framework, incluindo QtQuick/QML, Model-View-Delegate, Multimedia, e mais.

O livro é um processo-contínuo, o que significa que os autores continuam a escrever novos capítulos que vão sendo liberados a medida em que são finalizados. Os capítulos em preparação podem ser acessados em sua versão rascunho na seção "Chapter Queue".

Então, que tal colocar a promessa de ano novo de aprender Qt em prática? :)

JUN
24
2011

KDE Women no GSoC

Desde 2005 acontece o Google Summer of Code (GSoC), um programa organizado pela Google com o objetivo de oferecer a estudantes desenvolvedores, de diversas partes do mundo, suporte financeiro para que eles possam desenvolver projetos Open Source. O KDE tem participado do programa desde sua primeira edição e conseguido um número significativo de projetos aprovados. Esse número tem aumentado a cada edição. Resolvi dar uma olhada no histórico da participação do KDE no GSoC para ter uma noção da participação feminina no programa. Fiz uns gráficos que ilustram o crescimento de projetos do KDE aprovados ao longo desses 7 anos e a diferença gritante entre o número de mulheres e o de homens. Infelizmente, a participação feminina ainda está muito abaixo do que gostaríamos.

Ao longo desses 7 anos de programa a  participação feminina não chega nem a 5%. Mais de 90% dos projetos aprovados são de homens. Precisamos encontrar formas de incentivar as mulheres a participarem desse, e de muitos outros, projetos.  Meninas, precisamos ocupar os espaços! E se a vontade de participar bater, procurem a Camila Ayres (@camilasan) e pergunte como. Camila teve seu projeto sobre Umbrello aprovado no GSoC desse ano. Parabéns à ela! ;) E parabéns à todas as meninas do KDE que estão por aí tentando ocupar os espaços.

Você pode conferir os dados dos projetos aprovados de 2005 pra cá na página do GSoC: http://code.google.com/intl/pt-BR/soc/

JAN
9
2011

KDE e Google Code-in

O Google Summer of Code foi um grande sucesso para o KDE nos últimos seis anos. Em 2010 também participamos do Google Code-in, um concurso semelhante ao GSoC mas para alunos do ensino médio com idades entre 13-18. E o resultado não foi diferente :)

No último final de semana finalizamos mais uma tarefa entre as 300 já concluídas para o Google Code-in: a produção do vídeo "Be Free with KDE". O vídeo foi produzido pelo estudante Claudio Desideri com a ajuda do mentor do projeto, Jorge Salgueiro.

Você pode conferir o resultado no Canal do KDE-Promo:

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"220","attributes":{"class":"media-image","typeof":"foaf:Image","height":"344","width":"425","style":""}}]]

  1. O Google Summer of Code foi um grande sucesso para o KDE nos últimos seis anos. Em 2010 também
  2. participamos do Google Code-in, um concurso semelhante ao GSoC mas para alunos do ensino médio
  3. com idades entre 13-18. E o resultado não foi diferente :)
  4. No último final de semana finalizamos mais uma tarefa entre as 300 já concluídas para o Google Code-in:
  5. a produção do vídeo "Be Free with KDE". O vídeo foi produzido pelo estudante Claudio Desideri com a ajuda do
  6. mentor do projeto, Jorge Salgueiro.
  7. Você pode conferir o resultado no Canal do KDE-Promo no YouTube:
DEC
24
2010

O semestre mais longo que eu já tive.

Após um semestre muito looongo... com boas notícias e más notícias, eu acho que sobrevivi (novamente), e aqui eu estou para tentar contar em poucas palavras o que eu venho fazendo. Em novembro, o KDE Brasil esteve presente na VII Conferência Latino Americana de Software Livre, onde dei uma palestra: "O KDE precisa de você: como começar a contribuir" - você pode ver fotos do Latinoware aqui.

Apenas alguns dias antes de começar o Latinoware, eu pedi sugestões específicas de onde as pessoas podem começar a ajudar, em algumas listas de e-mail do KDE. E algumas pessoas sugeriram links interessantes para newbies conferirem e escolherem algo para começar a fazer para o KDE:

https: / / bugs.kde.org/semanais-bug-summary.cgi http://techbase.kde.org/Contribute/ImportantWorkToBeDone

Além disso, Aracele e eu estamos juntando esforços na tradução da Techbase e da Userbase para o Português. Já traduzimos algumas páginas, mas ainda há muito trabalho...portanto, se você fala português, sabe inglês e quer melhorar seus conhecimentos de inglês e KDE, você está convidado a nos ajudar! Essa é uma boa maneira de começar a contribuir =)

E código? Com a ajuda do Millian eu corrigi alguns bugs no meu plugin para o Quanta e implementei algumas melhorias, como você pode ver no screencast abaixo:

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"219","attributes":{"class":"media-image","typeof":"foaf:Image","height":"344","width":"425","style":""}}]] http://code.google.com/p/pagepreviewplugin/

E o pessoal aqui em Porto Alegre já estão organizando o FLISOL 2011 (Festival Latino Americano de Instalação de Software Livre), no qual eu já estou envolvida e fazendo planos para uma palestra. Então se você está aqui perto e quiser ajudar ou dar uma palestra, entre em contato conosco ou você também pode organizar um FLISOL na sua cidade ;)

DEC
2
2010

KDE 4.6 Beta 1: Caça aos bugs!

Olá a todos!

Estamos em vias de lançar uma nova versão do KDE SC, a versão 4.6 que sairá em Janeiro. Até lá, como é de costume, teremos a oportunidade de baixar e testar os betas e release candidates que são lançados nos meses que antecedem a versão final. Assim, podemos identificar bugs e reportá-los aos desenvolvedores, contribuindo para que a versão final seja o mais estável possível. Durante esta semana o Esquadrão de Bugs do KDE (KDE BugSquad) trabalhará com todo gás para identificar o máximo de bugs possíveis do KDE 4.6 Beta 1. Aqui no Piauí também faremos a nossa caça aos bugs  (Bug Squashing) no próximo sábado (4) na casa do Chicão. Quem tiver a fim de participar é só aparecer por lá com seu pc e alguns comes e bebes. ;)

Qualquer dúvida ou sugestão entre em contato conosco através da nossa lista: http://groups.google.com/group/kdepi

Mais informações sobre este Bug Squashing na página: http://dot.kde.org/2010/11/26/week-post-beta-bug-squashing

SEP
30
2010

Plugin de Visualização para o Quanta (também, o meu primeiro código para o KDE)

Desde que eu comecei a usar o KDE, a minha maior vontade era de contribuir com código, mas para isso eu teria que estudar várias coisas diferentes (na verdade, era o que eu mais queria: um desafio), e eu admito que  por muitas vezes pensei que não seria capaz de fazer isso. Então, eu decidi começar a palestrar sobre “KDE para Iniciantes” (iniciantes como eu), pois era uma maneira de promover e contribuir o software livre de maneira mais rapida do que desenvolver.

Eu fiz uma palestra antes do Akademy, no Seminário de Software Livre do TcheLinux em Caxias do Sul, e depois, fiz mais duas palestras, uma no FISL 11 e outra no 4º Seminário de Software Livre do TcheLinux em Pelotas. Nesses eventos eu tive a oportunidade de conhecer ouros usuário do KDE, e quem sabe futuros contribuidores.

Você pode ver as fotos aqui.

Mas eu ainda não estava satisfeita, eu queria programar, e não apenas promover, então eu falei com o Millian no Akademy, comecei a estudar mais a documentação, C++ e Qt para desenvolver um plugin para o Quanta,  onde o desenvolvedor pode visualizar a página que está sendo editada em tempo real. Voê pode visualizar como ele funciona assistindo o vídeo abaixo:

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"216","attributes":{"class":"media-image","typeof":"foaf:Image","height":"344","width":"425","style":""}}]] (qualqer sugestão  para o page preview plugin, ou bug report serão bem vindos – eu já encontrei alguns bugs e tenho algumas idéias de como corrigir e melhorar o plugin)

Agora eu olho para o código e me pergunto: “Era só isso? Essas poucas linhas de código? Porquê eu tava coom tanto medo de não conseguir  fazer isso?” E é  por isso que eu estou escrevendo aqui, para dizer: qualquer pessoa pode fazer isso. Todos aqueles erros no terminal não são o Matrix. E a sensação depois que você consegue é ótima :-)

E para mim esse sentimento é muito parecido com o que eu sinto após uma plaestra, que eu poderia descrever como “Eu fiz o que tinha que ser feito”, pois eu não gosto de palestrar (na verdade eu ainda fico envergonhada só de ter que perguntar algo no IRC), mas isso é importante. Se você sabe de algo bom, você tem que deixar as pessoas saberem disso também. E o Software Livre é muito mais que código (apesar de eu ainda preferir essa parte), por isso é muito importante envolver mais pessoas na comunidade.

Bem, eu quero  programar mais (e mais rápido!) e vou tentar fazer mais palestras. E eu ainda tenho que escolher algo para desenvolver para  o meu trabalho de conclusão da faculdade, e com certeza vai ser para um projeto do KDE!

AUG
31
2010

OpenHatch: facilitando os primeiros passos.

 

Baby

Baby (foto do flickr da gabi_menashe)

 

Este é o post de um convidado, o Asheesh Laroia do OpenHatch, um "engenheiro envolvido com open source". OpenHatch é um website e um projeto em andamento para ajudar novos contribuidores a acharem o seu lugar em projetos de software livre. Há poucos meses atrás, ele importou alguns bugs do KDE bug tracker para o pesquisador de oportunidades para voluntários da OpenHatch. Eu o convidei para escrever sobre isso no meu blog. O OpenHatch também tem o seu próprio blog.)

O KDE está fazendo algo maravilhoso com Junior Jobs. Estes são pequenos bugs (muitas vezes pequenos recursos a serem implementados) que são apropriados para um novo contribuidor tentar fazer. Quando mantenedores criam estas oportunidade, eles levam uma informação que de outra maneira ficaria apenas na cabeça deles - quão fácil ou difícil um problema é - a tornam isso disponível como uma sugestão para novos contribuidores. Convenientemente, criar um "Junior Job" não traz nenhum trabalho em adicional: os mantenedores apenas tem que encontrar o bug relevante no Bugzilla do KDE e adicionar a palavra chave  junior-jobs.

Mas o KDE Bugzilla não é tão amigável. Provavelmente a leitura deste post pode lembrar uma época em que o Bugzilla parecia uma ferramenta difícil de usar. Bugzilla funciona bem (o suficiente), como interface para os mantenedores do projeto para compartilhar o status do seu  trabalho com os outros.

Mas imagine que você é um contribuinte em potencial.  Acesse a lista do Junior Jobs . (Para obter esse link, eu fui para o KDE Bugzilla e cliquei em "Junior Jobs", no lado esquerdo.) Isto é o que eu visializei enquanto escrevia este post:

junior-jobs

Aqui estão algumas questões que eu poderia levantar como novo colaborador (e alguns comentários como eu mesmo):

  • O que "wis" e "UNCO" significam?
  • Quem é JJ? (Talvez seja as iniciais de uma pessoa, talvez ele ou ela pretendam corrigir isso.)
  • Em quais projetos esses erros estão? (Eu posso adivinhar ...)
  • Onde posso obter o código fonte? (A resposta errada pode levar o contribuinte a apresentar um novo patch não aplicável para a versão mais recente.).
  • Se eu começar a fazer isso, quem pode me ajudar quando eu tiver dúvidas e não souber mais o que fazer? (Um novo colaborador pode até fazer um esforço, e mesmo assim pode se confundir com algo e desistir.)

Eu gosto de brincar que bug trackers dizem um monte de informação sobre o que é o problema, mas não explicam como resolvê-lo. Nós na OpenHatch anunciamos um grande número de projetos que estão em uma situação similar: eles anunciam  os bugs como "fácil", "bitesize", "junior" e direcionam os novos contribuidores direto para o bug tracker. Então, nós criamos o que chamamos de pesquisador de oportunidades para voluntários para ajudar as pessoas a encontrarem algo onde trabalhar. O programa baixa as entradas dos rastreadores de bugs, essas entradas representam centenas de projetos. (Como o OpenHatch é um software livre, também importamos os bugs do tipo "fáceis" do nosso próprio rastreador.)

Quando você olha as entradas no programa, você pode clicar no nome do projeto e ver detalhes na página da OpenHatch (nós fizemos uma para cada projeto em que alguém diz ter contribuído ou de onde nós importamos os bugs). As páginas listam as pessoas que se colocam a disposição como mentores. Contribuidores também podem escrever instruções ou sugestões de com se envolver, por exemplo, a página do Gally fez um grande trabalho respondendo "Além de escrever código, como posso contribuir?"

Se você não sabe como começar, você também pode procurar oportunidades pesquisando por linguagens de programação, pelo tipo de ajuda que você quer dar (como escrever documentação) ou apenas procurar nas páginas por algum projeto que você queira trabalhar. Você pode restringir a pesquisa a apenas aqueles que chamamos de "bitesize" ("Junior Jobs" no KDE, bugs chamados de "fácil" na linguagem de programação Python, e assim por diante).

Então OpenHatch é um projeto para pensar como as pessoas podem participar de comunidades de software livre e de construir instrumentos técnicos e estruturas sociais para fazer isso da melhor maneira. Esta ferramenta é uma coisa que nós construímos. É um projeto da comunidade, e você pode ajudar também! Dê um "oi" no IRC ou por e-mail se você quiser juntar-se a nós.

Eu gostaria de ouvir (nos comentários deste post): O que você acha sobre o nosso "pesquisador de oportunidades para voluntários"? O que você acha que funciona nessa ferramenta? O que você mudaria?

Se a Lydia me convidar para escrever novamente, vou falar sobre conseguir mais não-codificadores envolvidos no software livre. Durante o fim de semana eu conheci Lydia e Jeff do Amarok, eu tive uma idéia louca de algo que você pode construir em cima do OpenHatch. Se você quiser manter contato, entre no nosso canal de IRC ou Identi.ca / Twitter / RSS!

......................................................................................................................

Esse texto é uma tradução do post  OpenHatch: Making the first step easier do blog da Lydia, uma das colaboradoras do KDE e uma simpatia em pessoa. Thank you Lydia! Logo, se encontrarem algum erro na tradução, por favor, me avisem.